Programação Outubro a Dezembro 2015 – C. A. Lisboa

Lisboa De: 10/10/2015 A: 30/01/2016
Casa dos Açores em Lisboa
OUTUBRO 2015 EVENTO / ACTIVIDADE
10, Sábado, 14:00H-17:00H   APRESENTAÇÃO DO PROJECTO “PREPARA O TEU REGRESSO A CASA”
 

 

 

A Casa dos Açores associa-se à Direcção Regional da Juventude para a apresentação em Lisboa do Projecto acima identificado, cuja sessão de abertura, contará com a presença da Directora Regional, Dr.ª Pilar Medeiros.

Segue-se a palestra “Faz Acontecer Açores”, por André Leonardo, Embaixador do programa “Educação Empreendedora o Caminho do Sucesso!” e autor do livro “Faz Acontecer”. Entre as 15:30H e as 17:00H serão divulgados programas destinados aos jovens açorianos, com a presença dos responsáveis, respectivamente, Dra. Magda Silvestre (DRJ), Dr. Paulo Ferreira (DRAIC) e Dr. Paulo Carreiro (SDEA).

16, 6ª feira, 21:30H 50 ANOS DE VIDA LITERÁRIA DE CRISTÓVÃO DE AGUIAR (1965-2015)
 

 

 

 

A Casa dos Açores em Lisboa homenageia o escritor açoriano Cristóvão de Aguiar por ocasião dos 50 anos da sua carreira literária.

A sessão terá a participação de personalidades da vida cultural açoriana e nacional, que realçarão a forma como a sua Obra dá aos falares micaelenses dimensão e estética, fixando uma vivência histórica de séculos.

Será apresentada a reedição dos volumes de “Raíz Comovida” e haverá um momento musical.

 

23, 6ª feira, 21:30H “A TERCEIRA E ANGRA DO HEROÍSMO”
 

 

 

Nota: Sessão adiada para data a anunciar

 

A Casa dos Açores em Lisboa vai apresentar a Exposição “A TERCEIRA E ANGRA DO HEROÍSMO – Momentos da vida de um património arquitectónico” com a participação do seu autor, o Professor Arq. António Menéres.

Trata-se de uma exposição com carácter de itinerância que esteve recentemente no Palácio dos Capitães-Generais, ilha Terceira. Contém cerca de 80 fotografias repartidas por seis capítulos: a linha do tempo; o Centro Histórico da primeira cidade açoriana; arquitecturas da Fé; arquitectura rural-habitações e construções de trabalho; o saber e a criatividade do pormenor; e, a arquitectura da paisagem – o verde dos campos e o azul do mar. Muitas das fotos remontam aos anos de 1964 e 1977, anteriores ao sismo de 1 de Janeiro de 1980.

Participa também, nesta apresentação, o Arq. Filipe Jorge, da Argumentum Editores, autor das fotografias aéreas.

 

30, 6ª feira, 21:00H COLÓQUIO JOSÉ ENES PENSAMENTO E OBRA – SESSÃO DE ENCERRAMENTO
 

 

 

A Casa dos Açores em Lisboa (dia 30, 21:00H), conjuntamente com a Universidade dos Açores (dias 26 e 27), a Universidade Católica Portuguesa (dia 29), o Instituto de Filosofia Luso-Brasileira (dia 30, Palácio da Independência) organizam o Colóquio dedicado ao Pensamento e Obra de José Enes (1924-2013). A sessão de encerramento, a decorrer na CAL, contará com a participação de Roberto Carneiro que apresentará o livro “Portugal Atlântico” de José Enes. Após o visionamento de uma breve reportagem pela RTP Açores, haverá testemunhos pelas seguintes personalidades: João Bosco Mota Amaral, Eduíno de Jesus, José Manuel Monteiro da Silva, Alexandre Sobral Torres, Onésimo Teotónio Almeida e Ana Enes, moderados por Fernanda Enes.

Vidé programa completo em

http://iflb.webnode.com/outubro-2015-coloquio-jose-enes/

 

 

NOVEMBRO 2015 EVENTO / ACTIVIDADE
6, 6ª feira, 21:30H A OBRA DE CUNHA DE OLIVEIRA
 

 

 

Asa dos Açores em Lisboa (CAL) e o Instituto Açoriano de Cultura (IAC) apresentam os livros “Jesus de Nazaré e as Mulheres – propósito de Maria Madalena”; “Natal, Verdade, Lenda, Mito”; “A morte do Justo”; “O rosto humano de Deus” e “Crer. Mas em quê?”, da autoria de Artur Cunha de Oliveira e editados pelo IAC. A apresentação das obras estará a cargo do Prof. Doutor Onésimo Teotónio Almeida com a participação do Director do IAC, Eng.º Paulo Raimundo.

13, 6ª feira, 20:00H ENCONTRO DE CULTURAS AÇORES – CABO VERDE
  A Casa dos Açores e a Associação dos Antigos Alunos de Cabo Verde em Lisboa organizam um encontro cultural. Serão lidos textos de autores conhecidos e apresentadas obras dos artistas plásticos David Levy Lima, de Cabo Verde e de Emanuel Carreiro, dos Açores.
Participarão neste Encontro a Senhora Embaixadora da República de Cabo Verde, Dr.ª Maria Madalena Neves e o Secretário Regional da Educação e Cultura da R. A. Açores, Doutor Avelino Meneses.
Haverá jantar com ementa das duas regiões e animação musical.

Nota : Inscrições até 9 de Novembro

21, Sábado,

16 H

LANÇAMENTO DO LIVRO “A LOJA DO TI BAILHÃO”
 

 

 

 

A Casa dos Açores em Lisboa pretende recordar uma das figuras que, no século XX, acrescentou história à cidade de Angra do Heroísmo. Trata-se do lançamento do livro “A Loja do Ti Bailhão”, cuja apresentação será feita por Carlos Enes.

A partir da década de 30, a Loja do Ti Bailhão marcou a cidade de Angra durante meio século. As memórias desse espaço mítico foram contadas  em livro por dois filhos, onde se revivem episódios burlescos, figuras típicas da cidade, além de aspetos da vida familiar.

É um livro que se lê num fôlego, com vontade de que não acabe! Pelo meio, o leitor pode ir bebendo meia-bola de vinho de cheiro com um queijinho de cabra em massa de malagueta e entenderá melhor o espírito dessas vivências…

Haverá serviço de Bar.

 

27, 6ª feira, 21:30H “O PAÍS, A REGIÃO E O FUTURO”
 

 

Nesta sessão, o Dr. Laborinho Lúcio falará da Região Autónoma dos Açores na sua ligação profunda com a região continental do país e perspetivará o seu futuro. O Dr. Laborinho Lúcio é licenciado em Direito, mestre em Ciências Jurídico-Civilísticas, foi Procurador-Geral Adjunto da República, Diretor do Centro de Estudos Judiciários, deputado, Ministro da Justiça, vogal do Conselho Superior da Magistratura, Presidente da AG da APAV e da Associação Portuguesa para o Direito dos Menores.

É um profundo conhecedor dos Açores, onde foi Ministro da República.

 

DEZEMBRO 2015 EVENTO / ACTIVIDADE
4, 6ª feira, 21:30H “RETRATOS DO NORTE” (de Ponta Delgada)
 

 

 

Numa parceria entre a CAL e a Associação Norte Crescente, da ilha de S. Miguel, inaugura-se uma exposição com 32 fotografias que ilustram Freguesias do concelho de Ponta Delgada.

Trata-se de trabalhos selecionados da III edição do Concurso “Retratos do Norte”.

9, 4º feira , 21:30H NOS 150 ANOS DE “ODES MODERNAS” DE ANTERO DE QUENTAL
 

 

 

A Casa dos Açores, em parceria com a Delegação em Lisboa da Associação dos Antigos Alunos do Liceu Antero de Quental de Ponta Delgada, celebra o sesquicentenário da publicação das Odes Modernas de Antero de Quental e da polémica do Bom Senso e Bom Gosto, desencadeada por Antero de Quental e Teófilo Braga. Eduíno de Jesus fará a conferência: As Odes Modernas de Antero de Quental, “Poesia de [que?] Combate”, seguindo-se a leitura de poemas extraídos daquela obra e de breves excertos dos textos dos dois poetas açorianos que deram origem àquela polémica.
11, 6ª feira, 21:30H “OS FLAMENGOS NO POVOAMENTO DOS AÇORES”
 

 

 

Conferência pelo Dr. Reis Leite, historiador que foi deputado, Secretário Regional de Educação e Cultura e Presidente da Assembleia Legislativa da R. A. dos Açores.

Actualmente é membro da Academia Portuguesa de História, da Sociedade de Geografia de Lisboa, da Academia de Marinha, entre outros.

Participará também o Embaixador da Bélgica em Lisboa, Senhor Boudewijn Dereymaeker.

18, 6ª feira, 20:00H JANTAR DE NATAL
 

 

A realização do Jantar de Natal fica condicionada à verificação de um número significativo de participantes. Contudo, o número de inscrições está limitado à capacidade das instalações.

Pedimos, por isso, que confirmem a vossa presença, procedendo à necessária inscrição, através dos contactos habituais da CAL, até ao dia 11 de Dezembro.

E no Natal…damos e recebemos prendas!… Vamos manter a tradição!
Preços : sócios 20€; não sócios 22€.

 

NOTAS:

 

 

1. O presente Programa poderá vir a sofrer alterações pontuais.

2. A Direcção entendeu divulgar eventos realizados por açorianos ou relacionados com os Açores que tenham manifesto interesse para os seus sócios. Nesse sentido, e para além da programação própria, serão comunicadas, por esta ou outras vias, actividades que caibam neste âmbito.3. As datas assinaladas a amarelo não se realizarão, como habitualmente no horário de 6ª feira, mas noutro dia e/ou horário.